Detalhe 11.04.2018

Volksbus comemora 25 anos com lançamento em micro-ônibus

Aos 25 anos e com vice-liderança histórica desde seu lançamento, a linha Volksbus estreia o modelo de seu micro 9.160, agora Urban, com configuração ainda mais robusta, agregando toda a qualidade e confiabilidade já reconhecidas pelo mercado. Já disponível nas concessionárias, este chassi chega para atender às severas condições da aplicação, especialmente nas periferias dos grandes centros urbanos.

“Crescemos muito acima da média do mercado de ônibus em 2017: enquanto as vendas brasileiras aumentaram em 5% no ano passado, a linha Volkswagen comercializou 21% mais chassis em comparação com 2016. Nosso objetivo com o novo modelo é conferir ainda mais atrativos para os clientes e manter essa curva ascendente”, afirma Jorge Carrer, gerente executivo de Vendas de Ônibus da MAN Latin America, fabricante das marcas Volkswagen Caminhões e Ônibus e MAN.

Com o novo eixo Meritor MS 15-124, mais reforçado, o Volksbus 9.160 Urban é uma versão aprimorada de seu antecessor, o Plus. Tem ganho em seu peso bruto total (PBT), que passa de 9,2 para 9,4 toneladas, tornando-o ainda mais resistente para as operações que desempenha. O modelo também dispõe de reforço na mola traseira para maior conforto dos passageiros e de maior proteção para seus chicotes elétricos, que agora vêm enfitados.

Outra vantagem é o novo suporte do amortecedor que facilita eventuais reparos, aumentando ainda mais a disponibilidade do veículo em operação. O Volksbus 9.160 Urban está disponível com entre-eixos de 4.300 mm para aplicação urbana e 4.500 mm para as aplicações fretamento e turismo, permitindo carrocerias de até 9 metros.

Testes comprovam

Os novos Volksbus estreiam agora nas concessionárias, mas já rodaram bastante pelas estradas e cidades brasileiras para validar toda essa robustez. Mais de 50 mil quilômetros foram percorridos em condições que simulam as condições mais agressivas de aplicação, como as da periferia de São Paulo, para certificar o melhor resultado na relação custo-benefício.

 


Fotos relacionadas