Detalhe 09.10.2003

Prefeituras chilenas compram caminhões VW

A Volkswagen Caminhões e Ônibus acaba de entregar mais um lote de caminhões 17.210 versão especial para coletor de lixo ao mercado chileno. Desta vez, a entrega de 50 unidades foi feita às administrações de vários municípios - entre eles Santiago, a capital do País. A venda aconteceu em conjunto com a Usimeca, empresa especializada na fabricação de coletores e compactadores de lixo. Com 55% do mercado nacional, a Usimeca tem feito vendas casadas com os chassis VW para países africanos e da América Latina.
A capacidade de atender as especificações do cliente é uma das razões pelas quais as prefeituras chilenas decidiram investir na marca. “A VW conseguiu traduzir a necessidade operacional dos municípios. Com isso, a tendência é de aumento do número de nossos veículos em suas frotas”, diz Roberto Cortes, Vice-Presidente da Volkswagen Veículos Comerciais.
Os veículos receberam mola e amortecedor dianteiros reforçados, radiador vazado para acionamento hidráulico frontal e com grade de proteção inferior, além de freios com maior área de atrito. Na cabine, foi instalado um retrovisor auxiliar de manobra, além de o acabamento interno incluir no painel teclas de função reserva, de acionamento da tomada de força e horímetro, que marca o tempo de funcionamento do motor. A preparação especial da cabine conta ainda com a instalação no painel do manetim de freio travado, uma das modificações que mais chamaram a atenção dos clientes.
“Optamos pelo manetim travado para evitar o acionamento indevido deste recurso, garantindo a segurança do transportador até o destino final”, explica Luiz Carlos Cordeiro, engenheiro responsável pelas alterações. E destaca: “A VW faz primeiro o acompanhamento dos veículos em campo, ou seja, avalia seu uso para depois implementar soluções práticas”. Além das modificações feitas na própria fábrica, o veículo recebeu terceiro eixo, implementado pela Usimeca.

Mercado aberto

Mercado totalmente aberto, o Chile comercializa veículos importados do mundo inteiro. Nele, a Volkswagen realiza boas vendas em diversos segmentos da economia, como serviços públicos, distribuição de bebidas e gás de cozinha. Entre as empresas que escolheram caminhões VW, está a Compañia Cervecerías Unidas S.A. – CCU, multinacional chilena de bebidas, dona da maior cervejaria de seu País e terceira colocada no mercado argentino. O grupo opera uma empresa de logística e distribuição para o transporte, chegando a 95 mil pontos de venda e a 10 milhões de consumidores.