Detalhe 20.10.2003

Caminhões e Ônibus Volkswagen chegam ao México em 2004

Em 2004, a Volkswagen iniciará no México a produção de caminhões e ônibus na segunda fábrica da marca para veículos comerciais acima de sete toneladas de peso bruto total. A nova unidade montará até 2.000 veículos por ano, buscando conquistar 15% do mercado mexicano. O anúncio foi feito por Roberto Cortes, Vice-Presidente da Volkswagen Veículos Comerciais, durante a abertura do Salão Internacional do Transporte - FENATRAN - segunda-feira (20/10), em São Paulo. O estande da marca apresenta como destaque a linha de caminhões Electronic, com a mais moderna motorização do mercado brasileiro.
A nova fábrica no México montará módulos semi-completos enviados pela fábrica de Resende (RJ), e complementará os veículos com peças locais. A cidade para sua instalação está sendo escolhida. Um Conselho Administrativo será formado por Diretores da VW no México, da VW Veículos Comerciais na Alemanha e de suas Operações na América do Sul. Também está prevista a criação de uma rede de 11 concessionários autorizados mexicanos num prazo de três anos.
“Este é um passo importante para as Operações Caminhões e Ônibus, que agora chegam a toda a América Latina. Ganha também a fábrica de Resende, centro mundial de excelência em veículos comerciais VW acima de 7 toneladas, e fornecedora dos kits a serem usados nos novos produtos do México. Ainda temos fôlego para crescer mais no mundo”, diz Roberto Cortes.

Linha eletrĂ´nica

A linha de caminhões Volkswagen chega à edição 2003 da FENATRAN com produtos vitoriosos e uma nova geração de motores. Ao lado de veículos que já conquistaram a preferência do consumidor, são apresentados os modelos Electronic, dotados de motores eletrônicos de última geração. Cinco novos caminhões somam-se às 20 opções já existentes, aumentando o poder de escolha do transportador e trazendo inovações em gerenciamento, durabilidade, assistência técnica e respeito ao meio ambiente.
O estande da marca na maior feira sul-americana do segmento mostra em detalhes as novidades tecnológicas: chassis sem implementos permitem ao visitante observar de perto características como a injeção de combustível Common Rail – a VW é a primeira montadora no Brasil a oferecê-la em toda a sua linha de caminhões com motores eletrônicos. Dois anos de desenvolvimento e 4 milhões de km de testes garantem a robustez e confiabilidade dos novos veículos.