Detalhe 26.11.2003

Volkswagen Caminh√Ķes e √Ēnibus √© pioneira na pesquisa do biodiesel

A partir deste m√™s, a Volkswagen Caminh√Ķes e √Ēnibus testar√° num √īnibus-prot√≥tipo o biodiesel, combust√≠vel extra√≠do de plantas como o dend√™ e a mamona e adicionado ao √≥leo diesel tradicional. A montadora, pioneira no Brasil a oferecer coopera√ß√£o t√©cnica no desenvolvimento do biodiesel, se juntar√° ao Governo do Estado do Rio de Janeiro e √† Coordena√ß√£o dos Programas de P√≥s-Gradua√ß√£o e Pesquisa em Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro ‚Äď Coppe/UFRJ.
Para Roberto Cortes, Vice-Presidente da Volkswagen Ve√≠culos Comerciais, a coopera√ß√£o chega num momento especial. ‚ÄúO conv√™nio foi assinado este m√™s, dias ap√≥s comemorarmos o s√©timo anivers√°rio da f√°brica de Resende, e quando acabamos de registrar recordes hist√≥ricos de produ√ß√£o, vendas e exporta√ß√£o. A Volkswagen tem 95% de m√£o-de-obra contratada na regi√£o, desenvolve seus produtos no pr√≥prio Estado e exporta ve√≠culos pelo Porto do Rio de Janeiro. Agora, estende sua parceria na √°rea tecnol√≥gica com o Governo Estadual‚ÄĚ, diz.
Pelo acordo assinado com o Governo do Estado do Rio, a Volkswagen Caminh√Ķes e √Ēnibus participar√° de campanhas educacionais junto a empresas de transporte. A proposta √© a utiliza√ß√£o de biodiesel misturado ao diesel j√° consumido por √īnibus da frota fluminense. Roberto Cortes entregou as chaves do √īnibus VW 17.240 OT cedido para o programa RioBiodiesel a Fernando Peregrino, Secret√°rio de Estado de Ci√™ncia, Tecnologia e Inova√ß√£o.
A Volkswagen tamb√©m envolver√° os fabricantes de seus motores na pesquisa. O objetivo √© testar a mistura chamada de B5 (5% de biodiesel e 95% de diesel convencional) e avaliar o comportamento dos ve√≠culos comerciais. Segundo t√©cnicos do Governo do Estado, o Brasil consome 40 bilh√Ķes de litros de diesel, dos quais 12 bilh√Ķes s√£o comprados no exterior; o ideal seria a produ√ß√£o de biodiesel na mesma propor√ß√£o do volume que √© importado.

Renda e preservação

Utilizado em muitos pa√≠ses da Europa e pesquisado h√° mais de 20 anos no Brasil, o biodiesel, por ser um combust√≠vel de fonte renov√°vel, diminui as emiss√Ķes de gases de efeito estufa para a atmosfera. O cultivo do girassol, do dend√™ e da mamona pode representar aumento de renda e emprego para o interior fluminense - cada mil hectares plantados viabilizam a produ√ß√£o de 1 milh√£o de litros de biodiesel. Outra possibilidade √© aproveitar o √≥leo vegetal j√° utilizado na fritura de alimentos em lanchonetes e restaurantes, evitando que res√≠duos sejam jogados em rios ou no solo, contaminando-os.




A Volkswagen mostra mais uma vez seu compromisso com o meio ambiente. Sua f√°brica, certificada pelas normas internacionais de qualidade ISO 14000 e ISO TS 16949:2002, n√£o possui fontes poluidoras. Localizada √†s margens do rio Para√≠ba do Sul e a 30 quil√īmetros do Parque Nacional do Itatiaia, a Volkswagen Caminh√Ķes e √Ēnibus obedece a normas t√©cnicas rigorosas para tratamento de efluentes s√≥lidos, l√≠quidos e gasosos.