Detalhe 24.09.2013

MAN Latin America apresenta nova linha de cavalos mecĆ¢nicos

A MAN Latin America, líder no mercado brasileiro de caminhões e maior exportadora do produto do país, apresenta em primeira mão à imprensa brasileira de transporte sua nova linha de cavalos mecânicos, grande atração da montadora durante o Salão Internacional do Transporte, a Fenatran 2013, que acontece entre os dias 28 de outubro e 1º de novembro no Anhembi, em São Paulo (SP).

A linha de extrapesados oferecida pela empresa, já bastante conhecida por sua versatilidade e robustez, passa a ser ainda mais completa, graças aos novos cavalos mecânicos VW Constellation 19.420, 25.420 e 26.420 Tractor, equipados com motor de 420 cavalos de potência e transmissão automatizada de série. Os produtos, principais lançamentos da montadora em 2013, chegam para suprir uma importante demanda do mercado, e reforçam ainda mais o conceito sob medida e a preocupação constante da empresa em oferecer uma gama completa e eficiente para seus clientes.

Os cavalos mecânicos Volkswagen com 330 e 390 cavalos de potência também poderão ser equipados com a nova transmissão automatizada V-Tronic, sendo mais uma opção para o transportador. A opção de cabine leito teto baixo completa as novidades da linha Constellation.

Na linha MAN TGX, as mudanças são em design: no painel da grade frontal foram introduzidas as letras MAN em novo formato e maior tamanho. O leão do símbolo foi reposicionado para a parte superior, cromada. As mudanças garantem ainda mais conforto e tecnologia para a linha de extrapesados da MAN Latin America, com produtos entre 330 e 440 cavalos de potência.

Com presença marcante em mais de 30 países da América Latina, Oriente Médio e África, a MAN Latin America realiza, pela primeira vez, um lançamento simultâneo com produtos que atuarão nos mercados brasileiro e de exportação. Os novos cavalos mecânicos estarão disponíveis primeiramente para Argentina, Chile e Colômbia, antecipando as normas de poluentes locais. Os modelos complementarão a linha Volkswagen já consagrada nos países, com veículos ainda mais robustos, de alta potência e que trazem grande conforto ao motorista.

Junto com a chegada dos novos produtos, a MAN Latin America anuncia o investimento de R$ 11 milhões na ampliação da capacidade de sua segunda linha de montagem em Resende (RJ). A área comporta agora a produção do dobro de veículos, passando de oito para 16 unidades por turno. Esse volume adicional será destinado ao aumento de capacidade dos modelos MAN TGX, micro-ônibus e novos projetos, já contribuindo para maior flexibilidade na linha principal. A montadora comemora ainda a marca de 50 mil motores MAN D08 produzidos no Brasil, apenas 20 meses após o início da produção no Brasil.

Pioneira em pesquisas de matrizes energéticas sustentáveis, a empresa sai na frente, mais uma vez, e anuncia resultados de estudos com 100% de diesel de cana em motores Euro 5. Os testes de bancada comprovam reduções de poluentes em até 70%, resultado extremamente satisfatório. A empresa trabalha agora para expandir o escopo da pesquisa com testes de campo. A primeira fase foi realizada em caminhões Constellation da Coca-Cola Andina Brasil.

Linha Volkswagen 420 V-Tronic: mais potência para os frotistas

A MAN Latin America, sempre atenta às necessidades da indústria do transporte de cargas e única na fabricação de veículos comerciais sob o conceito Sob Medida – Menos você não quer, mais você não precisa, identificou a forte demanda dos clientes por veículos mais potentes, que apresentassem uma velocidade média superior e a melhor relação custo benefício do mercado.

Assim são os novos cavalos mecânicos 19.420, 25.420 e 26.420, principais lançamentos da montadora em 2013 e que integram a família de caminhões VW Constellation Tractor. Os veículos estão equipados com a nova transmissão automatizada V-Tronic modelo ZF 16 AS 2230 TD, de 16 velocidades, semelhante às utilizadas nos caminhões MAN TGX.

A introdução da transmissão combinará o baixo custo de manutenção de uma caixa de câmbio manual, com a facilidade da mudança automática de marchas, proporcionando conforto, segurança e maior produtividade ao motorista e economia na operação. Com grande capacidade de torque, a nova caixa possui carcaça fabricada em alumínio e dispensa o uso de anéis sincronizadores, reduzindo o peso do veículo que poderá ser revertido em maior capacidade de carga.

Atrelado à caixa de câmbio, o novo sistema EasyStart, uma novidade nos caminhões Volkswagen, auxilia a partida do caminhão em rampa e mantém o freio de serviço acionado por até três segundos, após cessar o acionamento do pedal de freio, evitando assim que o veículo se movimente. Para garantir total conforto e segurança dos condutores durante a operação, os novos caminhões Volkswagen V-Tronic não apresentam pedal de embreagem.

A nova transmissão automatizada poderá ser acionada por meio de alavanca posicionada estrategicamente ao lado do banco do motorista, de dois modos diferentes: automatizado para as trocas de marchas automaticamente e manual para a seleção de marchas realizadas pelo próprio motorista, por meio de movimentos leves na alavanca, para frente e para trás. Os cavalos mecânicos VW Constellation com 330 cavalos de potência também poderão ser equipados com a nova transmissão automatizada V-Tronic, para comodidade do transportador.

Os veículos são equipados com o novo motor Cummins ISL de 420 cavalos de potência, torque máximo de 1.850 Nm, dotados de tecnologia SCR (Redução Catalítica Seletiva) e em conformidade com o Proconve P-7 no Brasil, equivalente ao Euro 5. Os novos modelos Constellation Tractor foram desenvolvidos para atender à demanda do transporte de cargas em aplicações rodoviárias de até 63 toneladas de peso bruto total combinado (PBTC).

Novos itens para aumentar a segurança operacional

Para garantir a segurança operacional do motorista, a MAN Latin America agrega em todos os cavalos mecânicos da marca, recursos tecnológicos adicionais como os sistemas de freios ABS, EBD e o ATC. O sistema de freios ABS (Anti-lock Brake System) impede o travamento das rodas durante uma frenagem excessiva, colaborando para a manutenção da dirigibilidade e estabilidade do veículo em curvas, além de minimizar a distância de frenagem entre os veículos.

O EBD (Electronic Brake Distribution) controla e gerencia a distribuição da pressão de frenagem entre os eixos dianteiro e traseiro, de forma a garantir um melhor equilíbrio e estabilidade do veículo e maximizar a eficiência do sistema de freios ABS. Já o sistema ATC (Automatic Traction Control) controla a velocidade das rodas e o torque do motor, de forma a evitar que o veículo patine em condições de piso escorregadio. O novo sistema também auxilia a partida do veículo em rampas e preserva os componentes do trem de força, reduzindo assim os custos de manutenção.

Programa “Meu primeiro 420”

Fortalecendo a parceria com seus clientes, a MAN Latin America lançará na Fenatran 2013 o programa “Meu primeiro 420”, que oferecerá condições especiais para aqueles que adquirirem os caminhões da nova linha 420 cavalos. A ação incentiva os clientes formadores de opinão a comprovarem na prática as vantagens operacionais dos veículos, reforçando o comprometimento da montadora com a satisfação contínua de seus públicos estratégicos.

Cabine leito teto baixo equipa linha Constellation

Os novos cavalos mecânicos da MAN Latin America receberão a nova opção de cabine Constellation leito teto baixo. A novidade também poderá ser estendida a toda linha Constellation, de acordo com cada aplicação e tipo de implemento. Além das características já conhecidas dessa renomada cabine, o novo modelo foi desenvolvido para aplicações rodoviárias de longa distância, que exigem a necessidade de espaço interno para o descanso do motorista e para aquelas aplicações de transporte com limitação de altura da cabine para acoplar o implemento. Poderá ser utilizada para o transporte de frigorífico, cegonheiro, basculante e carga seca, entre outros.

Dentro da nova cabine Constellation estão disponíveis cortinas que proporcionam privacidade ao motorista e permitem separar as áreas de trabalho e descanso. A grande quantidade de porta-objetos para utensílios de trabalho e espaço para bagagem oferece total conforto aos ocupantes.

Conheça a linha completa dos cavalos mecânicos Volkswagen

Constellation 19.330 (manual ou V-Tronic)

Equipado com o motor Cummins ISL de 9 litros e potência de 330 cavalos Euro 5, possui sistema de injeção Common Rail e dotado de tecnologia SCR (Redução Catalítica Seletiva). O novo motor oferece excelente desempenho mesmo em baixas rotações e garante benefícios como retomadas de velocidade, baixo consumo de combustível e menor emissão de poluentes.

Indicado para composições de semirreboques com até três eixos com 1 eixo  espaçado (“Argentina”), com PBTC de até 43toneladas. Perfeito para as aplicações do tipo basculante, carga seca, furgão, frigorífico, transporte de grãos, plataforma, sider, tanque e transporte de veículos (cegonheiro).

A versão V-Tronic, uma das novidades da linha, com transmissão automatizada ZF 16 AS 2230 TD, de alto desempenho e capacidade de torque. Entre as vantagens de operação, o caminhão não apresenta pedal de embreagem, facilita o treinamento de motoristas e apresenta maior segurança e conforto na operação.

Constellation 19.390 (manual ou V-Tronic)

O caminhão Constellation 19.390 foi desenvolvido para atender às necessidades de transportadores que buscam uma solução econômica e eficiente, visando à melhor relação custo benefício. Destinado ao transporte de cargas em aplicações rodoviárias, poderá ser utilizado em semirreboques com com até três eixos espaçados ( “Vanderléia”), com PBTC de até 46 toneladas.

Equipado com motor Cummins ISL 9 litros de  400 cavalos de potência, possui turbina de geometria variável e ampla faixa de torque (1.100 a 1.500 rpm), com torque máximo de 1.700 Nm. Com tecnologia SCR (Redução Catalítica Seletiva), assegura rápida resposta ao pedal do acelerador, favorecendo a retomada de velocidade e menor número de trocas de marchas. Apresenta ainda uma manutenção da velocidade de cruzeiro por mais tempo, transmissão ZF 16S 1685 TD de 16 velocidades, servoassistida, acionamento a cabo com H sobreposto acionado por tecla localizada na alavanca. Neste modelo, os frotistas também contam com a opção de transmissão automatizada.

Constellation 19.420 V-Tronic

Primeiro integrante da nova família de cavalos mecânicos Constellation, o modelo 19.420 está equipado com a exclusiva transmissão automatizada ZF 16 AS 2230 TD, alto desempenho e segurança para o motorista. Seu motor Cummins ISL 9 litros,tem 420 cavalos de potência, tecnologia SCR e conformidade com o Proconve P-7. Possui turbina de geometria variável e torque máximo de 1.850 Nm.

O caminhão Constellation 19.420 V-Tronic é destinado ao transporte de cargas em aplicações rodoviárias e utiliza semirreboques com até três eixos espaçados (“Vanderléia”), com PBTC de até 46 toneladas.

Constellation 25.390 (manual ou V-Tronic)

Desenvolvido para atender às necessidades de empresários de transporte que buscam economia e eficiência, o caminhão Constellation 25.390 é voltado para o transporte de cargas em aplicações rodoviárias. Pode ser equipado com semirreboques de até três eixos espaçados (“Vanderléia”), com PBTC de até 53 toneladas.

Seu motor Cummins ISL 9 litros de 400 cavalos de potência, dotado de tecnologia SCR e tanque de Arla 32, possui turbina de geometria variável e ampla faixa de torque (1.100 a 1.500 rpm) com torque máximo de até 1.700 Nm. A caixa de transmissão é a ZF 16S 1685 TD de 16 velocidades. Neste modelo, os frotistas também contam com a opção de transmissão automatizada.

Constellation 25.420 V-Tronic

Equipado com a exclusiva transmissão automatizada V-Tronic de série, que combina o baixo custo de manutenção de uma caixa de câmbio manual, com a facilidade da mudança automática de marchas, proporcionando conforto, maior produtividade do motorista e economia na operação. Seu motor é o Cummins ISL 9 litros de 420 cavalos de potência e torque máximo de 1.850 Nm e tecnologia SCR.

O novo modelo é destinado ao transporte de cargas em aplicações rodoviárias utilizando semirreboques de até três eixos espaçados ( “Vanderléia”), com PBTC até 53 toneladas.

Constellation 26.390 (manual ou V-Tronic)

O modelo é destinado ao transporte de cargas em aplicações rodoviárias com semi-reboque ou tipo bitrem, com PBTC de até 57 toneladas. Equipado com motor Cummins ISL 9 litros de 400 cavalos de potência e turbina de geometria variável, e tem de série a caixa de transmissão ZF 16S 1685 TD de 16 velocidades. Neste modelo, os frotistas também contam com a opção de transmissão automatizada.

Constellation 26.420 V-Tronic

O modelo mais potente da família de caminhões Volkswagen é integrante da linha de cavalos mecânicos  V-Tronic, com motor Cummins ISL e transmissão automatizada ZF 16 AS 2230 TD. É destinado ao transporte de cargas em aplicações rodoviárias com semi-reboque ou tipo bitrem, com PBTC de até 57 toneladas.

Linha MAN TGX: grade e volante com novo design

Os cavalos mecânicos TGX 28.440 6x2, TGX 29.440 6x4 e TGX 33.440 6x4, todos da linha MAN TGX e destinados a aplicações rodoviárias, ganham mudanças em seu design: no painel da grade frontal foram introduzidas as letras MAN em novo formato e tamanho maior. O símbolo do “leão” foi reposicionado para a parte superior (cromada). Além disso, o volante está com diâmetro menor, para melhorar a empunhadura, e logotipo alterado nos mesmos moldes do painel da grade frontal.

Produzidos na fábrica da MAN Latin America em Resende (RJ) desde 2012, os caminhões MAN consolidaram a presença da montadora no segmento de extrapesados. Com eles, a empresa passou a oferecer uma gama completa de produtos, com modelos de 5,5 a 100 toneladas de capacidade total de carga, reforçando ainda mais o conceito sob medida que consagrou a empresa em seus mais de 30 anos de mercado.

Conheça os caminhões MAN “Made in Brazil”

TGX 28.440 6x2

Ideal para aplicações rodoviárias de médias e longas distâncias e para o transporte de cargas de médias e altas densidades, o primeiro cavalo mecânico MAN TGX 6x2 oferecido no Brasil possui capacidade máxima de tração de 70 toneladas podendo operar com semirreboques de até três eixos espaçados  (“Vanderléia”).

TGX 29.440 6x4

Destinado ao transporte rodoviário de médias e longas distâncias, o veículo é indicado para o transporte de cargas de médias e altas densidades com PBTC de 57 a 74 toneladas. Equipado com eixos traseiros sem redução nos cubos da roda e com capacidade máxima de tração de 80 toneladas. O caminhão TGX 29.440 6x4 é perfeito para as aplicações que utilizam Combinação Veicular de Carga (CVC) como composições tipo bitrem, bitrenzão, rodotrem e tritrem.

TGX 33.440 6x4

Veículo desenvolvido para o transporte de cargas de médias e altas densidades com PBTC de 57 a 74 toneladas em condições mais severas de operação. O caminhão TGX 33.440 6x4 é dotado de eixos traseiros com redução nos cubos e capacidade máxima de tração de 100 toneladas. Ideal para ser utilizado com Combinação Veicular de Carga (CVC), tipo bitrem, bitrenzão, rodotrem ou tritem.

Presença em mais de 30 países

Com presença em mais de 30 países da América Latina, Oriente Médio e África, a MAN Latin America realiza, pela primeira vez, um lançamento com produtos que atuarão nos mercados brasileiro e de exportação. Os novos cavalos mecânicos estarão disponíveis primeiramente para Argentina, Chile e Colômbia, antecipando as normas de poluentes locais. Os modelos complementarão a linha Volkswagen já consagrada nos países, com veículos ainda mais robustos, de alta potência e que trazem grande conforto ao motorista.

Com características predominantes para rodar em trajetos de longas distâncias, os novos caminhões Volkswagen de 330, 390 e 420 cavalos são ideais para operações nos potenciais países, principalmente por oferecer, a partir de agora, a novidade do câmbio automatizado. A família Constellation de 17, 19, 24 e 25 toneladas também estará disponível com cabine leito teto baixo.

Apresentados ao público no último Salão de Buenos Aires, os veículos Euro 5 já aquecem o setor. Em recente visita à fábrica da MAN Latin America, na cidade de Resende (RJ), cerca de 60 clientes e concessionários argentinos saíram da linha de montagem entusiasmados com a expectativa de receber brevemente os novos caminhões. A Argentina é o principal mercado internacional da MAN Latin America, respondendo por 31,3% do volume total de exportação da montadora no período de janeiro a agosto de 2013.

Em contagem regressiva para ampliar sua frota Volkswagen, Roberto Ruggeri, proprietário da Transporte Roberto Ruggeri, especializada em combustíveis, constata sua preferência. “A nova linha está muito completa, especialmente com a entrada dos extrapesados. São veículos que aliam mais potência e conforto. Com certeza, minha frota passará a ser 100% Volkswagen. Essa oportunidade de conhecer toda a tecnologia de perto só confirma o acerto de minha escolha”, afirma ele, que hoje tem a bolacha VW em 95% de seus caminhões.

A MAN Latin America tem uma rede de importadores com 156 concessionárias espalhadas por toda a América Latina, África e Oriente Médio. Em 2012, a empresa exportou 9.010 caminhões e chassis para ônibus e atingiu a marca histórica de 100 mil veículos exportados para mais de 30 países.

Soluções de pós-vendas para cada operação

Os clientes que adquirirem os novos cavalos mecânicos da MAN Latin America também usufruirão dos já consagrados serviços de pós-vendas da montadora, garantindo a melhor performance dos produtos no mercado. O contrato de manutenção Volkstotal e o atendimento emergencial ChameVolks garantirão atendimento em todo território nacional, com profissionais treinados e disponibilidade de peças para cada necessidade.

O contrato de manutenção está disponível nas versões Prev e Plus. Aplicada em veículos novos e usados, a modalidade Prev contempla mão-de-obra, peças, como óleos lubrificantes, filtros de combustível, ar e óleo, além de fluidos utilizados nas revisões dos veículos durante a vigência do contrato. Já o Plus é direcionado somente aos caminhões novos e cobre todas as manutenções preventivas e corretivas, incluindo mão de obra e peças como embreagem, lona de freio, bateria, lâmpada, correias, motor de partida etc.

Um serviço de atendimento 24 horas também garante a tranquilidade do frotista. O ChameVolks permite que o cliente ligue de qualquer lugar do Brasil para casos de socorro mecânico, reboque e acompanhamento do veículo até o retorno à operação. Tudo isso, sem qualquer custo adicional.

Dez anos de Volkstotal

Um dos serviços mais valorizados pelos clientes, principalmente de caminhões, é como ele será atendido no pós-vendas. Exemplo da confiança conquistada pela MAN Latin America é o êxito dos dez anos de operação do Volkstotal. Pioneiro entre as montadoras de veículos comerciais, o programa tem registrado números crescentes de adesões. Hoje, cerca de 10% dos caminhões da montadora são adquiridos com alguma das modalidades desse serviço. Atualmente, mais de 12 mil veículos têm contratos de manutenção de fábrica.

Com o Volkstotal, o frotista não se preocupa, porque durante a vigência do contrato ele estará ciente de quando será empregada manutenção em seu caminhão. Ele ainda pode escolher em qual concessionária ser atendido — são 150 unidades distribuídas em várias regiões do Brasil, que oferecem mão de obra treinada e especializada para cada serviço prestado, além da aplicação de peças originais.

Grande parte das concessionárias da rede oferece estrutura para pernoite, como pátio, dormitório, refeitório e convênio com hotéis para total conforto do motorista, proporcionando o repouso ideal  para viagens mais seguras. Graças à essa estrutura, a empresa é considerada a melhor em atendimento pós-vendas do Brasil, segundo a empresa de pesquisa de mercado TNS.

Resende amplia capacidade de produção

A MAN Latin America expandiu a capacidade em sua segunda linha de montagem, com investimento de R$ 11 milhões. A área comporta agora produção do dobro de veículos, passando de 8 para 16 unidades por turno. Esse volume adicional será destinado ao aumento de capacidade dos modelos MAN TGX, micro-ônibus e novos projetos, já contribuindo para maior flexibilidade na linha principal.

A ampliação total levou menos de um ano, sem ocasionar qualquer parada na produção. Antes dedicada exclusivamente aos veículos MAN TGX, a segunda linha de montagem já é responsável pelos modelos de micro-ônibus e está agora capacitada para receber maior volume de produção e novos projetos. Houve ainda um melhor aproveitamento de seu espaço e otimização de tarefas.

De oito postos de trabalho em uma área total de dez mil metros quadrados, a linha conta agora com 12 estações e mil metros quadrados adicionais. Entre os novos equipamentos incorporados, está uma ponte rolante para abastecimento dos chassis e múltiplas para auxiliar na montagem das suspensões, além de um gravador de numeração de chassi exclusivo para novos modelos. Para atender à complexidade de novos modelos, foram adquiridas apertadeiras eletrônicas com rastreamento sistêmico de torque.

Outras áreas de pré-montagem estão em preparação para acompanhar esse volume maior. A MAN Latin America se vale de seu know-how na montagem de caminhões e ônibus em uma mesma linha para aumentar a produtividade da fábrica e expandir a operação nessa segunda linha.

Outro modelo de sucesso que a montadora replica nesse espaço é o do Consórcio Modular. As empresas já parceiras Maxion, Meritor, Powertrain e Continental participam da montagem e são responsáveis pelo conjunto de chassi, eixo e suspensão, conjunto motor e encaixe da cabine, respectivamente. O Consórcio Modular é formado também por AKC Aethra, Carese e Remon. Todos os veículos passam pelo rigoroso sistema de inspeção de qualidade da MAN Latin America antes de chegar às ruas e estradas de todo o Brasil.

50 mil veículos Volkswagen com motores MAN D08

Produzidos no Brasil, os motores MAN D08 já conquistaram seu espaço no mercado e comprovaram o acerto de sua introdução no portfólio da MAN Latin America. Em setembro, com pouco mais de 20 meses da introdução motor no país, a empresa atingiu a marca de 50 mil unidades produzidas, que hoje rodam nas estradas latinoamericanas.

Junto com o Brasil, os mercados mexicano e chileno estão entre os que já se beneficiam com as vantagens dessa motorização. Para atender a essa receptividade do mercado, a montadora aumentou em 50% seu volume mensal de produção do componente. Hoje, a média está em 3 mil motores por mês, num incremento frente a 2012, quando se montavam 2 mil unidades.

A linha Constellation recebeu grande parte desses componentes. Com mais de 11 mil caminhões comercializados, o Constellation 24.280 é o modelo que consumiu o maior volume produzido, seguido pelo Constellation 13.190 e o Constellation 26.280. Na linha de ônibus, o sucesso do MAN D08 também é absoluto com o Volksbus 15.190 na liderança. Os Volksbus 17.230 e 8.150 são os outros modelos mais vendidos com a motorização.

A linha de montagem da MAN Latin America para o MAN D08, instalada em São Paulo, ocupa uma área de produção com 2.500 metros quadrados e tem capacidade anual para montagem de até 45 mil motores por ano. Equipando diversos modelos da marca Volkswagen, esses componentes carregam todo o know-how de uma unidade de negócios da MAN focada exclusivamente no desenvolvimento de motores.

Tecnologia de sucesso no mercado

O investimento em motorização própria com tecnologia de ponta e diferenciada repercutiu positivamente no mercado. Pela primeira vez com motor de sua marca em seus caminhões e ônibus, a MAN Latin America é a única montadora no Brasil a oferecer a solução de recirculação de gases de exaustão, ou EGR (Exhaust Gas Recirculation), em veículos comerciais acima de 5 toneladas para atender aos requisitos da norma Euro 5. A solução não requer o abastecimento com Arla 32, facilitando a logística de manutenção do veículo.

E são os próprios frotistas que comprovam a eficiência da tecnologia, se beneficiando de vantagens operacionais e econômicas. Prova disso é a procura crescente por essa motorização. Oferecidos nas versões de quatro e de seis cilindros, os motores MAN D08 garantem uma série de diferenciais como baixo nível de ruído e consumo de combustível, maior intervalo de manutenção e menor emissão de poluentes.

É um motor de concepção moderna, reconhecido pelo seu alto rendimento, qualidade, durabilidade. Dois estágios de sobrealimentação (dois turbocompressores) e sistema de injeção Common Rail proporcionam excelente desempenho mesmo em baixas rotações.

Pioneirismo: reduções de poluentes em testes com motores Euro 5

De forma inovadora, a MAN Latin America desenvolve estudos com 100% de diesel de cana em motores Euro 5 em bancada dinamométrica, cujos componentes do trem de força são medidos a partir de uma análise estática simulando assim, diferentes condições de operação. Os primeiros resultados apontam dados extremamente satisfatórios: 15% de redução de emissões de NOx, 77% de reduções de emissões de material particulado e diminuição em 42% de opacidade (fumaça preta).

Com mais de 500 horas de testes, itens como potência, torque, consumo e durabilidade mostram as vantagens deste biocombustível. O diesel é fornecido pela Amyris, referência mundial no desenvolvimento de diesel de cana.

A empresa trabalha agora para expandir o escopo da pesquisa com testes de campo. A primeira fase foi realizada em caminhões da Coca-Cola Andina Brasil. Foram testados quatro caminhões Constellation 17.190 e dois Constellation 24.280, todos movidos com 100% de diesel de cana, durante o mês de junho, no Rio de Janeiro. Os testes com motores Euro 5 resultaram em considerável queda na emissão dos principais poluentes veiculares causadores do efeito estufa, como gás carbônico, e aqueles que contribuem para degradação da qualidade do ar, como o material particulado.

Os testes renderam destaque internacional à montadora. Também em parceria com a Amyris para avaliações em motores TDI (Turbocharged Direct Injection) nos Estados Unidos, a Volkswagen Alemanha reconhece a contribuição da MAN Latin America como decisiva para manter o Grupo Volkswagen na vanguarda mundial em prol da formatação de uma mobilidade mais sustentável.

Garantia de qualidade

A MAN Latin America deu início aos estudos com diesel de cana ainda com veículos Euro 3. O pontapé inicial foi dado com a Santa Brígida, empresa de transporte urbano de São Paulo, quando testou cinco Volksbus 17.260 V-Tronic, com mistura de 10% de diesel de cana e 90% de diesel metropolitano, entre dezembro de 2011 e fevereiro de 2013. Os veículos percorreram mais de 500 mil Km. O abastecimento foi realizado pela BR Distribuidora dentro da sede da empresa, também com diesel desenvolvido pela Amyris.

Para avaliação dos componentes, a MAN Latin America utilizou veículos originais de fábrica, o que salienta a adequação deste combustível aos motores da linha de produtos da montadora. O objetivo da empresa é realizar testes com diesel que não necessite readequação dos motores originais dos caminhões ou ônibus, e que possam maximizar o resultado operacional dos frotistas.

Mais fotos em www.malagrine.com.br

Login: fenatran2013

Senha: vwman


Fotos relacionadas