[ Chassis de ônibus Volkswagen 2007: conheça a nova família Volksbus ]  
09.02.2007  
 

. VW 15.190 EOD e VW 17.230 EOD, maior potência e torque
. Frotistas adquiriram 1.000 chassis antes do seu lançamento
. Trabalho de Engenharia privilegiou força e desempenho
. Nova linha tem oito modelos para uso urbano e rodoviário


A Volkswagen Caminhões e Ônibus já comercializa em todo o Brasil a linha de chassis de ônibus Volksbus 2007. A constante evolução de seus produtos visa atender ainda mais as necessidades de mercado, com desempenho aliado a robustez na operação, manutenção simples e conforto para os passageiros. Presente no mercado de ônibus há 13 anos, a montadora possui uma linha com oito produtos, indo do segmento semi-leve ao rodoviário. A qualidade e tecnologia dos chassis Volkswagen tem a aprovação dos mais de 30 países que utilizam os modelos desenvolvidos na fábrica de Resende (RJ).

A grande novidade é a motorização mais potente e econômica dos modelos urbanos com motor dianteiro. O VW 15.190 EOD e o VW 17.230 EOD levam a frotistas e cooperativas a experiência de um time de engenharia que uniu o menor consumo de combustível ao maior torque e potência de operação numa mesma solução de transporte. Foi desenvolvido um novo cockpit do motorista que facilita os encarroçamentos.

Antes mesmo do seu lançamento, a aceitação dos produtos foi testada junto a consumidores de todas as regiões do Brasil. O resultado foi a venda recorde de 1.000 unidades dos novos chassis de 15 e de 17 toneladas ainda em 2006. O mesmo ocorreu meses antes da apresentação oficial da linha Volksbus 2004, quando foram comercializadas 130 unidades da modelo rodoviário de 18 toneladas.

Criando tendências de consumo em diversos segmentos, a Volkswagen abriu a temporada de lançamentos ainda em 2006, comercializando o VW 5.140 e o VW 8.150, chassis semi-leve e de minibus com motores de alta rotação – este último ganha nova distância entre eixos.

A montadora também apresentou o VW 18.320 EOT, a nova geração do chassi rodoviário. Os sucessos de mercado VW 9.150 EOD e VW 17.260 EOT (agora também disponível com chassi tipo bogie e coluna de direção ajustável) permanecem como as melhores escolhas em suas aplicações urbanas.

O Brasil tem uma responsabilidade cada vez maior no mercado mundial de ônibus. O país conquistou a segunda colocação mundial como produtor, perdendo apenas para a China. Sua produção anual superior a 35 mil unidades supera a de fabricantes tradicionais como os Estados Unidos.

A qualidade e a boa relação custo-benefício são prioridades dos consumidores brasileiros, e por isso a Volkswagen Caminhões investe continuamente desde 1993, tendo lançado quase 30 diferentes modelos até hoje. Além disso, a marca foi a primeira do País a desenvolver produtos ouvindo as opiniões de clientes, usuários e encarroçadoras. Hoje a Volkswagen ocupa a vice-liderança em vendas domésticas de ônibus.

Novos VW 15.190 EOD e VW 17.230 EOD, economia e desempenho

No Brasil, o segmento de ônibus urbano com motor dianteiro representa em média 50% do volume total de vendas. É constante a necessidade de atualização dos produtos por fatores como a redução do número de passageiros transportados por quilômetro rodado, a oficialização das cooperativas no transporte das grandes cidades e a redução da velocidade média dos ônibus. Para assegurar a rentabilidade do cliente, a Volkswagen já está lançando os chassis VW 15.190 EOD e VW 17.230 EOD.

Os novos modelos com turbinas redimensionadas e novas calibrações permitem vantagens técnicas como: faixa plana de torque atingida em rotações mais operacionais; maior torque e potência em rotações mais baixas, proporcionando melhores arrancadas e retomadas de velocidade. Tudo isso se traduz em menor consumo de combustível e melhor desempenho.

As transmissões dos modelos também mudaram. O novo escalonamento, aliado às novas relações de eixo traseiro, adequam ainda mais o veículo às condições de tráfego. A relação 4,56:1 passa a ser de série para os modelos em substituição às antigas relações possuindo ainda o Rotaflex como item opcional.

Cockpit inteligente e nova capacidade de carga

Os novos VW 15.190 EOD e VW 17.230 EOD ainda contam com cockpit que facilita o encarroçamento tornando o seu processo produtivo mais ágil, pois necessita de menos retrabalhos do encarroçador. O painel de instrumentos passa a ser fornecido na cor preta a todos os modelos Volkswagen, harmonizando-se com as molduras desenvolvidas pelas maiores empresas encarroçadoras.

A capacidade técnica de carga dos chassis também foi alterada. No modelo 15 toneladas, o peso bruto total técnico passou para 15.500 quilos, e no ônibus 17 toneladas ele é agora de 17.200 quilos. O aumento da capacidade técnica garante maior durabilidade dos componentes e distribuição ideal de carga após encarroçado.

Vale lembrar que agora todos os ônibus Volkswagen deixam a fábrica de Resende apenas transportados por carretas, assegurando a entrega de produtos zero quilômetro e contribuindo para a segurança das estradas do Brasil e da América do Sul.

Ônibus VW 17.260 EOT, agora com chassi bogie

Destinado ao uso urbano, piso baixo e de fretamento, o VW 17.260 EOT passa a contar com a opção de chassi do tipo bogie, que auxilia na instação de bagageiro passante na opção de fretamento, além de otimizar o transporte da fábrica para o encarroçador sobre semi-reboques, permitindo o transporte de até três chassis sem o auxílio de rampa hidráulica.

O modelo também ganhou coluna de direção ajustável como opcional , o que proporciona maior conforto ao motorista.

Volksbus rodoviário já roda até na Alemanha

O chassi rodoviário VW 18.320 EOT chegou ao mercado brasileiro no final de 2006, ao mesmo tempo em que um exemplar seguiu para a Alemanha, onde é utilizado pelo Grupo Volkswagen no transporte da diretoria e de convidados VIPs. O modelo possui motorização Cummins ISC eletrônica Euro III, com sistema de injeção de combustível Common Rail e 320 cv, traduzindo-se em operação com baixo nível de ruído, maior potência em menor rotação e agilidade nas retomadas e ultrapassagens.

A caixa de transmissão tem novo escalonamento de marchas, adequando a potência e o torque do motor. A embreagem possui platô com maior área de ventilação proporcionando maior durabilidade. A suspensão traseira ganhou nova geometria do bolsão de ar, amortecedor recalibrado e travessa dianteira reforçada; já a suspensão dianteira agora tem dois amortecedores recalibrados, em vez dos quatro do modelo anterior, melhorando o balanço lateral do veículo.

Do seu antecessor VW 18.310 OT, o modelo herdou itens diferenciais como chassi tipo bogie com sistema flexível de alongamento de marchas, coluna de direção ajustável e rodas de alumínio.

Chassis leves: agilidade no trânsito pesado

Já conhecida por sua tradição no transporte de passageiros, a linha de ônibus Volksbus ganhou dois novos modelos no ano passado: o VW 5.140 EOD e o VW 8.150 EOD. A Volkswagen Caminhões e Ônibus passou a atender a frotistas e autônomos desde o segmento antes ocupado somente pelas vans convencionais.

O chassi VW 5.140 EOD possui eixo traseiro com rodado simples, conjunto motriz MWM eletrônico Euro III de alta rotação que proporciona conforto na condução. Outros destaques são a alavanca de mudança de marchas localizada no painel, de acionamento mais cômodo e preciso, e eixo dianteiro posicionado mais à frente, permitindo nova posição do motorista alinhada com a porta dianteira.

Oferecido a empresários do transporte coletivo, coorperativas e empresas de fretamento, o VW 8.150 EOD possui eixo traseiro com rodado duplo, freios a ar e a mesma posição do motorista oferecida no chassi de ônibus 5 toneladas. A alavanca de mudança de marchas é posicionada diretamente sobre a transmissão, facilitando o engate.

A novidade no modelo 8 toneladas é a nova distância entre eixos de 3,9 metros. Isso permite a instalação de carrocerias com comprimento de até 8 metros, aumentando a quantidade de assentos em relação à versão anterior. O produto torna-se mais competitivo não somente em aplicação urbana, mas em concorrências de órgãos públicos.

Já o VW 9.150 EOD segue como solução consagrada no mercado de microônibus. O produto é ideal para uso urbano das principais capitais que necessitam de um produto robusto. Também é muito utilizado na versão fretamento que conta com opção de instalação da porta na frente do eixo dianteiro. Em outubro do ano passado, a equipe de produção do cantor inglês Robbie Williams utilizou cinco unidades do modelo durante a turnê brasileira no Rio de Janeiro (RJ).


Fichas Técnicas

 

 

Comunicação
MAN Latin America

Telefones:
(11) 5582-5335 / 5340 - So Paulo (SP)
(24) 3381-1063 / 1328 - Resende (RJ)
E-mail: comunicacao@volkswagen.com.br


Direitos de uso de imagem para conteúdo jornalístico liberados.
O uso publicitário ou comercial necessita da autorização do autor